Portal Divinas Promessas

Portal Divinas Promessas
Agência Missionária e Produtora de Meios Audiovisuais para a Evangelização Cristã

segunda-feira, 8 de abril de 2019

VOCÊ É LIVRE PARA ACREDITAR NO QUE QUISER

Relaxe e desarme-se.
Não vou fazer ativismo político, filosófico ou religioso aqui.
Você é livre. E eu respeito a sua liberdade.
E acredito que você consiga conviver bem com a minha liberdade de escolha.
Quero apenas conversar com você.
Expor alguns pontos de vista e convidá-lo a refletir comigo.
Vamos conversar sobre FÉ. Topa?

Você não é obrigado a acreditar em dogma algum. Você é livre para ser anarquista ou ateu.
Você é livre para pensar no que quiser. Pelo menos no Brasil.

O primeiro ponto que quero pensar com você é: Quem garante essa liberdade do pensar?
O Estado?
Sim. O nosso Estado Democrático nos garante por lei a exposição de nossa opinião e do nosso credo religioso. Eu quero me ater a este aspecto.

Eu sou livre para crer no que eu quiser. E sei que você me respeita, caro leitor. Por isso, gostaria de fazer para você uma explanação sobre os motivos que me levam a acreditar no que creio. Aceita fazer esta curta viagem comigo? Serão somente alguns minutos.

Eu sempre tive uma inclinação esotérica, mística, hyppie, livre!
Politicamente e filosoficamente eu não entendia nada. Mas era bem mística. E era feliz assim; me sentia livre assim. Isso foi na minha juventude até os quarenta e três anos de idade.

O conceito que eu tinha sobre o que era FELICIDADE E LIBERDADE não me levaram propriamente a ser feliz e livre. Eu "pensava" ser feliz e "pensava" ser livre.
Enquanto eu não tinha outros parâmetros com os quais comparar minha vida e ideias de até então, aqueles padrões me bastavam. Enquanto ainda ignoramos que existe muito mais do que a nossa vã filosofia, achamos que o que conhecemos é tudo o que existe. Não é assim?

Tudo o que poderia ameaçar aquela minha liberdade e felicidade eu era contra. Era contra moral e bons costumes, pois colocam regras que não podem ser ultrapassadas, o que era contra minha noção de liberdade. Tudo o que eu podia fazer no momento com essa liberdade se tornou o meu conceito sobre felicidade.

ATÉ QUE ...

Nossa! Quando surge um ATÉ QUE em nossa vida é impossível continuar como estávamos. Estou me referindo a um daqueles ATÉ QUE que abalam nossa estrutura com a força de uma erupção vulcânica, com a potência de uma tsunami que, por mais que tentemos dizer " está bom aqui, me deixe assim como estou", essa gigantesca potência não respeita a nossa liberdade e nos catapulta para outra dimensão de realidade: A realidade do "NÃO É BEM ASSIM..."

NÃO É BEM ASSIM ...

Bem, eu tive uma experiência dessas há quinze anos atrás.
A vida cismou de ir na contramão da minha vida e se chocou de frente comigo, espatifando-me no chão, partida em milhares de pedacinhos. Ainda estou catando-os.

Os acontecimentos surpreendentes começaram a me questionar se eu era realmente livre e feliz.
Muitas lágrimas, muita dor, muitas perdas tornaram a minha feliz e livre vida de até então num enorme poço de incoerência. O que eu conceituava como felicidade e liberdade me aprisionou no cárcere fétido da escravidão da dependência química do álcool, do tabaco, da vida falida e deprimente, dos cinquenta quilos a mais, do desprezo e da solidão.

Eu não era feliz. E nem era livre.

Eu era, na verdade, uma cabeça oca que foi preenchida com um monte de papo furado. Eu não tinha opinião formada sobre nada. Eu não era nada.

O PERIGO DE NÃO SER NADA.

Quando não nos posicionamos, somos posicionados pelos outros. Quando não temos uma opinião sólida, nos tornamos uma esponjinha social, absorvendo a opinião dos outros. E foi isso o que esses anos de rebeldes no poder da nossa nação fizeram com os que não tinham opinião formada sobre nada: Introjetaram seu lixo marxista na nossa cultura, numa tentativa de destruir a família, o Estado e a religião.

Bem, eu achava que essa liberdade do "paz e amor" ripongos me traziam felicidade. MENTIRA: Trouxeram dor, confusão e escravidão.
Eu achava que não precisar seguir nada significava realmente não seguir nada: Ledo engano. Eu estava sendo manobrada sem perceber.

Quanto mais o ensino público se tornasse uma droga, mais droga a juventude ingeriria. Mais alienação. Pão e circo - era o que eles queriam que o povo quisesse. Porém, nós fomos criados para reagir a isso tudo.

FOI ENTÃO QUE...

Foi então que decidi dar uma chance ao Cristianismo Protestante. O que será que aqueles malucos evangélicos teriam para me ensinar? Qual é a razão da felicidade e da liberdade deles? Afinal, é isso o que todos buscamos: Descobrir uma maneira de sermos felizes sem que nos obriguem a ser o que não queremos ser.

SERÁ QUE OS EVANGÉLICOS SÃO FELIZES?

Bem. Sim e não.
Sob o ponto de vista temporal, temos momentos felizes e momentos não felizes. O sol e a chuva vem sobre todos: Justos e ímpios. Há dias bons e maus tanto para evangélicos como para não evangélicos. Mas há uma diferença.

QUAL É A DIFERENÇA?

É a perspectiva.
Nós cremos na vida eterna. Cremos que um dia toda a tribulação cessará e viveremos em paz e felizes por toda a eternidade com Deus, com Jesus Cristo e com o Espírito Santo.
Nós cremos que Deus está no controle de tudo o que acontece aqui na Terra, nos Céus e em todo lugar.
Nós cremos que tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus e que são chamados para o Seu propósito absoluto.
Nós cremos.
Essa é a diferença.
Nós cremos num Deus Único e Todo-Poderoso,que é Onisciente e Onipresente, e que tem toda a nossa vida traçada em Suas Mãos.
Cremos que Ele nunca nos desamparará, e que nos instruirá e nos ensinará em toda a Verdade.
Cremos que Ele nos guiará com Seus próprios Olhos.
E isso (tudo!) é suficiente para a nossa felicidade.
Jesus Cristo nos libertou de toda a MENTIRA: Jesus é a nossa LIBERDADE. Vivemos nEle. Vivemos por Ele. E vivemos para Ele. Isso nos faz feliz. Somos livres para crer que Ele já nos libertou de tudo o que nos escravizava e nos destruía.

Se isso fosse só palavras, não ganharia nem o Nobel de Literatura! Tem centenas de milhares de pessoas que escrevem mil vezes melhor do que eu, que dominam o saber acadêmico - o que eu não chego nem aos pés -, e que tem o poder de persuasão muito melhor do que eu jamais sonharia em ter.

Mas acontece que essas simples palavras, organizadas pela minha mente, não vêm sozinhas. HÁ UM PODER NELAS, uma Unção com poder para despedaçar todo jugo, toda forma diabólica de escravidão mental, almática e espiritual. Eu apenas as escrevo. Mas se você decidir acreditar, ESSE PODER IRÁ AGIR EM VOCÊ.

Agiu em mim.
E me fez, durante esses anos, limpar a minha maneira de pensar, de agir e de sentir. A maior Programação Neurolinguística que eu conheço, a mais eficaz arma para destruir fortalezas culturais, filosóficas, espirituais, e anular os sofismas se chama AS BOAS NOVAS DE CRISTO - O SEU EVANGELHO.

Bem, enfim, amigos, eu tive que me render a esse poder que tem transformado a minha vida. Eu era uma coisa que não sou mais.
Ainda não sou perfeita e nem me tornarei enquanto estiver ainda na terra, pois sofro influência da minha natureza humana caída e travo uma luta constante entre meu espírito que está pronto e a minha natureza fraca, inclinada para as coisas que matam a nossa relação com Deus. Mas graças a Deus por Jesus Cristo e por Seu Espírito que nos vivificou. E Ele nos fortalece para aprendermos a andar nessa novidade de vida.

Hoje sou livre para acreditar que a felicidade só pode existir em Deus.
E quando a nossa felicidade está em Deus, Ele nos concede aquilo que o nosso coração deseja.
(Salmo 37.4 - Nova tradução da Linguagem de Hoje).


Desejo todo o bem para você: A Paz com Deus por meio de Cristo.

Grande abraço!

Mônica Sampaio de Melo
Escritora, Radialista e Missionária
Whats: 21 98322-3701
Inscreva-se em meu canal Mônica Sampaio de Melo no You Tube.

facebook.com/monica.sampaio1
Twitter: @MonicaSampaioM
Instagram: @monicasampaiodemelo



segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Último Culto de Santa Ceia do Ano - com Moradores de Rua


Não gosto tomar atitudes que possam ser consideradas loucura. Já fiz muito isso no meu passado e não quero voltar a ele.
Mas, vez ou outra, me deparo com o Espírito Santo me ordenando a ir na contramão - não do mundo, pois deste eu já me desviei -, mas do que está preestabelecido pelos homens em seus ministérios evangélicos.

Então, me lembro-me dos Fariseus - o Farisaísmo nasceu como algo bom; mas com o tempo, a natureza humana caída foi distorcendo o objetivo inicial, que era a preservação da memória e o zelo para se guardar a Lei de Deus.

Lembro-me da Reforma Protestante bagunçando toda uma estrutura estabelecida da Igreja Católica, que começou com boa intenção, transformando, em sua origem, o Politeísmo vigente, em adoração ao Deus Único dos cristãos, para uma parcela da civilização daquela época. Mas depois, a alma humana dirigida por sua natureza caída, e não por seu espírito ressurreto em Cristo, corrompeu o sistema.

Lembro-me de muitos modelos de Igreja Evangélica que começaram muito bem no passado, e que hoje, se corromperam, se desfragmentaram, deram origem a um Evangelho "meia bomba" com uma mistura de tudo, da mesma forma como aconteceu com a Igreja Católica, que abriu as portas para tudo o que não é Evangelho de Jesus Cristo.

Então, com alegria, percebo que essa "direção diferente" é o Espírito Santo "arrumando a casa"; Ele não descuidou da ornamentação da Noiva. e a apresentará linda e imaculada naquele grande dia ao Seu Noivo, Jesus Cristo.

Por isso, de tempos em tempos. o Espírito Santo levanta pessoas/ministérios diferentes, com o objetivo de quebrar as Torres de Babel que têm sido construídas em nosso meio. Quando o homem se sente muito poderoso, ao juntar a si multidões, e se aliançar a outros homens de poder, ele se perde da simplicidade da direção do Dono da Igreja. E é por isso, que o Espírito Santo levanta os pequeninos, os "zé-ninguém" para envergonhar aqueles que estão pensando ser alguma coisa. E confunde as línguas novamente.

Missionária Mônica Sampaio de Melo (Facebook.com/monica.sampaio1)
Agência Missionária Divinas Promessas (Facebook.com/agenciadivinaspromessas)
www.portaldivinaspromessas.blogspot.com
INVISTA NESSA OBRA
BANCO DO BRASIL
Agência 2795-2
Conta Corrente: 106.066-X
Qualquer oferta dada de coração e com alegria será bem vinda.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

BATISMO DOS MORADORES DE RUA

Graças a Deus, em um ano de trabalho de oração e discipulado com moradores de rua, seis almas foram batizadas nas águas.


GLÓRIA A DEUS.

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

BATISMO de um morador de rua

Batismo do Alison, pela Missionária Mônica Sampaio, na Praia do Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro - RJ, Brasil, em 31-12-17.


Você está prestes a sair do deserto

Culto Na Rua - 3-10-18

Dia 11-10-18, completará um ano que estamos fazendo um trabalho diário de ORAÇÃO com moradores de rua do Pontal, Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, na Av. Gilka Machado, altura do número 165, em frente à Rua do Sol.
E prestes a completar este ano de serviço, decidimos instituir dois dias da semana com um Culto aos moldes do serviço prestado nos templos.
O Culto Na Rua - assim como o trabalho de Oração Diária na Rua - é dirigido pela Missionária Mônica Sampaio de Melo (WhatsApp: 55 21 98322-3701 - email: monica.sampaio1@mail.com).
Começou nesta Quarta, dia 03-10-18. às 19h. E faremos também aos Domingos, às 18h.
Localização: Na calçada, ao lado das caçambas de lixo.
ORE CONOSCO. ORE POR NÓS.


1o. Batismo de um dos Moradores de rua neste trabalho - Alisson - 31-12-17, pela Missionária Mônica Sampaio de Melo

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

projeto Vida Digna e Abundante em Jesus

Ore pelo meu projeto Vida Digna e Abundante em Jesus, com moradores de rua.
Para conseguirmos uma casa no Posto 12- Terreirão, Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, capital e pelo patrocínio para o projeto.
Agência Missionária Sementeira DIVINAS PROMESSAS

Entre em contato pelo Messenger, se você puder ajudar: Facebook.com/monica.sampaio1 ou facebook.com/monica.sampaiodemelo1

A paz, irmãos!.
Quero lhe pedir que ore por uma causa minha.
Estou com um projeto queimando meu coração: quero abrir um lugar aqui, aonde moro, para discipular moradores de rua. E é claro, precisam ser atendidos com refeição, e quero proporcionar banho e roupas limpas, pela manhã, para começarem uma jornada com dignidade, com banho, toalhas e roupas limpas, corte de cabelos, barba e unhas; uma refeição e a ministração da Palavra de Deus.
E à noite, o mesmo serviço, para que possamos agradecer a Deus pelo dia e pedir proteção para a noite, dando-lhes uma Palavra.
Preciso de uma casa com uma garagem, no Recreio dos Bandeirantes, Posto 12, Terrreirão, para fazer estas reuniões. Preciso de mantimentos para isso e roupas, sabão para lavar suas roupas e toalhas.
No momento, são 4 pessoas que tenho atendido diariamente. Moro em prédio, e não dá para fazer isso no apartamento. E não dá para fazer na rua.
É o Projeto Vida Digna e Abundante em Jesus.
Se algum empresário puder patrocinar.
Orem por isso,
Essas 4 pessoas (o número, as vezes, varia, mas esses 4 são fixos), são atendidas aonde fica o lixão da Gilka Machado, mas não da maneira conforme este projeto que arde dentro de mim.


Missionária Mônica Sampaio de Melo